Euroyouth


Avenida Miguel Bombarda, 1, 1º esq.
1000-207 Lisboa - Portugal
info@euroyouth.org
Tel: (+351) 21 8870030

WORKSHOP “EQUAL PAY FOR EQUAL WORK”
PDF Versão para impressão

ATIVIDADE – OFICINA “PAGAMENTO IGUAL PARA TRABALHO IGUAL”

ACTIVITY – WORKSHOP “EQUAL PAY FOR EQUAL WORK”

No âmbito do projeto sobre Igualdade de Género “ECDI – Everybody Can Do It”, a EUROYOUTH Portugal realizou, no dia 01 de fevereiro, a oficina “EQUAL PAY FOR EQUAL WORK”, com 14 participantes, de áreas e percursos profissionais distintos, com o apoio da Junta de Freguesia da Misericórdia que gentilmente cedeu o Espaço de Santa Catarina para a realização desta atividade.

Depois de uma dinâmica de grupo, os participantes foram convidados a refletir sobre as diferenças salariais entre homens e mulheres em Portugal e na Europa. O debate foi intenso e focou várias desigualdades de género, porque é difícil separar trabalho da vida pessoal e social.

A conclusão é inequívoca – há ainda muita sensibilização e mudança a fazer neste âmbito, porque as mulheres, em Portugal e na Europa, continuam a ganhar entre 70 a 90% daquilo que os homens ganham para fazer o mesmo trabalho. E a isto, sabe-se, somam-se outras desigualdades como a idade.

Descarrega a brochura entregue aos participantes (>>)

Under the project ECDI - Everybody Can Do It, EUROYOUTH Portugal promoted on the 1st of February the workshop “EQUAL PAY FOR EQUAL WORK”, with 14 participants from distinctive areas and professional paths, with the support from Junta de Freguesia da Misericórdia that kindly allowed us to use the Espaço de Santa Catarina for this activity.

After the group activity, the participants were invited to think and discuss about the wage differences between men and women in Portugal. The debate was intense and focused on different gender inequalities, because it is difficult to separate work from social and personal living.

The conclusion is unequivocal: there is still much awareness and changes to be made in this sector because women in Portugal and in Europe still earn between 70% to 90% from what men earn, for doing the same job. And to this, it is known, we need to add other differences, such as the age.

Download the leaflet given to the participants  (>>)

IMG_07

img_01

img_02

img_03

 

 

Apesar de se ter realizado a um sábado, esta oficina foi muito participada e animada. À motivação e interesse dos participantes, ajudou o espaço acolhedor e o pequeno lanche.

A atividade iniciou com a apresentação dos participantes em pares, uma breve apresentação da EUROYOUTH e uma explicação da dinâmica proposta e objetivos da sessão.

A dinâmica “EQUAL PAY FOR EQUAL WORK” foi adaptada pela EUROYOUTH a partir do exercício “Equal Pay for Equal Work” do Manual Compass do Conselho da Europa. Durante cerca de 30 minutos os participantes simularam uma situação de trabalho, onde, por serem mulheres e homens, por terem idades e condições diferentes, receberam diferentes pagamentos pelo trabalho apresentado.

No final da dinâmica, os participantes expressaram o que sentiram durante a atividade, discutiram a realidade laboral em Portugal e as diferenças de remuneração entre homens e mulheres, dando exemplos de casos que conhecem ou viveram.

Para terminar, foram apresentados alguns dados e estatísticas relativas não só a Portugal como também aos restantes países europeus.

Despite the activity being organized on a Saturday, the workshop was very participative and enthusiastic. The cozy space and the coffee break helped the participants’ motivation and interest.

The activity started with the participants’ presentation, a short presentation of EUROYOUTH and an explanation about the activity and its objectives.

The activity “EQUAL PAY FOR EQUAL WORK” was adapted by EUROYOUTH from the exercise “Equal Pay for Equal Work” from Compass Manual, from the Council of Europe. For almost 30 minutes, the participants simulated a working situation, where, for being men or women, for having different ages and conditions, received different wages for the work presented.

At the end, the participants could express what they felt during the activity; discuss the labour reality in Portugal and the salary differences between men and women, giving practical examples of cases they have lived or eared about.

At the end, some data and statistics about Portugal and other EU countries were presented.

img_04

img_05

img_06

IMG_08