Euroyouth


Avenida Miguel Bombarda, 1, 1º esq.
1000-207 Lisboa - Portugal
info@euroyouth.org
Tel: (+351) 21 8870030

OFICINA ECDI - DESMISTIFICANDO MITOS E PRÉ-CONCEITOS
PDF Versão para impressão

ECDI-barra

ECDI – Gender Equality

Demystifying myths and pre-conceptions

 

ECDI – Igualdade de Género

Desmistificando mitos e pré-conceitos

Last February 19, EUROYOUTH, local partner in the project ECDI – Everybody Can Do It, developed a workshop in Amadora’s Employment and Professional Training Center about the theme “Gender Equality: Demystifying myths and pre-conceptions”.

The group involved was an Adult Education and Training Class of Geriatrics, professional level 2 – 9th grade.

During the three hours of workshop, four activities were developed with the aim of facilitating new approaches to gender issues.

Using day to day examples, the adult trainees could understand how, even today, different roles are demanded for different gender.

No passado dia 19 de Fevereiro, a EUROYOUTH, parceira local do Projeto europeu ECDI – Everybody Can Do It, desenvolveu no Centro de Emprego e Formação Profissional da Amadora uma oficina dedicada ao tema “Igualdade de Género: Desmistificação de mitos e pré-conceitos”.

Contou-se com a participação da turma de Educação e Formação de Adultos de Geriatria, 9º ano - nível 2 profissional.

Durante as cerca de 3 horas de oficina, realizaram-se quatro dinâmicas que procuraram facilitar novas abordagens às questões de género.

Usando exemplos do dia-a-dia, os formandos adultos aperceberam-se como se continua a exigir o cumprimento de papéis diferentes para géneros diferentes.

The Activity

A Atividade

ECDI-04

 

ECDI-01

ECDI-02



ECDI-03

ECDI-06

ECDI-05

ECDI-07

ECDI-08

 

The workshop was very participated and animated. The 16 participants let themselves feel involved by the different activities and actively contributed to all the discussions.

The first activity developed concerned the attribution of specific roles/jobs or activities to either men or women. Several examples were used: doctor or professor, arranging flower bouquets or cleaning a house.

The participants were always invited to intervene and, through the sharing of daily experiences, the existence of pre-conceptions in constructing and distributing gender roles were discussed.

The second activity focused on the behaviours and attitudes that are differently aloud to men or women. By the generated discussion, it was possible to conclude that even today women are still very “controlled” socially.

The third activity contributed to the participants knowledge, confirming or realizing that sex and gender are not the same thing. It was clarified that the first one is purely biological and that the second one is socially and culturally constructed.

At last, there was a debate around four specific issues that relate to the interventions of men and women in both the public and private space. With this activity, it was possible to contribute to the development of argumentation skills and deconstruction of arguments in favour and against the initial statements.

The final evaluation of the activities and the workshop was very positive. The participants confirmed to have acquired new skills that allows them to recognise their pre-conceptions e, in this way, deconstruct them in order to promote better social relations in general and more specifically between men and women.

The workshop was designed using the following documents: “Compass Gender Training Manual”; “ExpressARTE - Recursos Didácticos para Aprender a Ser Mais” e “cooL kIt Jogos para a NÃo-Violência e Igualdade de Género”.

 

 

A oficina foi muito participada e animada. Os 16 participantes deixaram-se envolver totalmente pelas várias dinâmicas propostas, contribuindo ativamente para as várias discussões.

A primeira atividade desenvolveu a questão da atribuição de determinados papéis e exercício de atividades a homens e a mulheres. Foram dados vários exemplos como médico ou professor, arranjar flores ou limpar a casa.

Os participantes foram sempre convidados a intervir e, através da partilha de experiências do dia-a-dia, discutiu-se a importância dos pré-conceitos existentes na distribuição e construção de papéis de género.

A segunda atividade focou quais os comportamentos e atitudes que se permitem, ou não, a homens e mulheres. Pela discussão que se gerou, concluiu-se que, ainda hoje, as mulheres continuam a ser muito mais “controladas” socialmente.

A terceira atividade veio permitir aos formandos perceber ou confirmar que sexo e género não são o mesmo, ficando claro que o primeiro se refere a uma condição biológica e o segundo a uma construção social e cultural.

Por último, promoveu-se o debate a propósito de quatro questões relacionadas com a intervenção de homens e mulheres em atividades do foro público e privado. Desta forma estimulou-se também a capacidade de argumentação e de desconstrução de argumentos a favor e contra as afirmações iniciais da atividade.

A avaliação final da atividade foi muito positiva, já os formandos confirmaram ter adquirido novas ferramentas que lhes permitam reconhecer os seus pré-conceitos e, dessa forma, desconstruí-los para promover melhores relações na sociedade e entre homens e mulheres.

A oficina foi desenhada com base nos seguintes documentos: “Compass Gender Training Manual”; “ExpressARTE - Recursos Didácticos para Aprender a Ser Mais” e “cooL kIt Jogos para a NÃo-Violência e Igualdade de Género”.

Evaluating the Workshop

Avaliar a Oficina

ECDI-AVA.01

 

ECDI-AVA.02

ECDI-AVA.03

ECDI-AVA.04